Ler do jeito certo

No meu livro existe uma biblioteca chamada Biblioteca Proibida. A entrada é franca (muito franca) e alguns personagens, uns coitados que leem com a cabeça, acreditam realmente que aquela biblioteca é proibida pelas autoridades do local. Eles leem escondidos em suas mesas, sem nem notar que milhares de pessoas em volta estão lendo, desproibidamente, de maneiras muito mais completas. Transcrevo um trechinho aqui:

Na verdade, a um segundo olhar mais minucioso, era possível perceber que aqueles sujeitos não estavam realmente lendo – ou não o faziam da forma tradicional, pelo menos. Uns lambiam as páginas, outros assopravam, outros batiam com os dedos nas folhas sem dó nem piedade, outros, ainda, conversavam com as páginas, animadamente. A leitora mais assídua ali no canto mergulhava de maiô e tudo dentro de um livro (e letras espirravam por todos os lados, uma bagunça). Era possível contar nos dedos quem lia olhando para as páginas, paradinho, paradinho.

É que lembrei disso ao assistir a um dos curtas de animação que está indicado ao oscar, The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore. Pode até ser que a ideia não seja a mesma, mas senti uma certa sintonia com minha cabeça e estou encantada com essa animação. Olha só:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=Adzywe9xeIU]

Estou ansiosa pra assistir no iPad!

*dedico esse post ao querido tio Sandro, que faz aniversário hoje e sempre foi minha inspiração, desde cedo.

Dia Internacional da Animação

hoje é o dia internacional da animação!

animação é a arte mais completa que existe. Conjuga desenho, pintura, escultura, cinema, música, fotografia, interpretação, escrita, e o que você mais lembrar, em uma coisa só. É uma das minhas maiores paixões, sou encantada por todos os processos de confecção de uma animação, seja ela clássica ou 3D (apesar de ainda ser mais fãzinha das boas e velhas duas dimensões). Já brinquei de fazer uns cursinhos aqui ou acolá, mas nunca fiz nada sério. Minha idéia é fazer um curso de animação, desses de verdade assim que me formar.

Falo sério quando digo que queria ser o Walt Disney de saias. O mais perto que cheguei até agora foi usar uma saia do Mickey.

Tresvariações à parte… dê uma olhadela aqui pra ver a programação programada para a animada data! Eu adoraria ir e deveria ir, mas arranjei outros afazeres domingueiros. :/ Paciência, vou comemorar o dia alugando O Estranho Mundo de Jack, que estou com lombriga de reassistir já faz alguns dias. (a interpretação do Danny Elfman [compositor que dublou o Jack nas canções desse filme]… é fantástica)!

…vai dizer que você não se arrepia vendo uma animação assim.

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.