meu livro é a Maísa.

nesse final de semana (tipo, ontem) meu livro chegou à página 40 (no Word, tio), no capítulo 10. Aproveitei que tava lá e acabei relendo.

Foi então que gritei

JESUS. MEU LIVRO É A MAÍSA.

Porque, como não canso de repetir, a idéia dele tá pronta desde 1999, por aí. Eu tinha, o que, uns 12, 13 anos. E não é subestimando minha dozeanice, mas é fato: ele veio de uma idéia criança. Infantil, simples e batida. Daí eu cresci agora sou mulher e continuo insistindo nela, sabe-se lá porque. Só que estou escrevendo essa idéia que nem gente grande. Com firulas, formulações esquisitas, palavras difíceis, toda essa coisarada.

E o bicho tá meio assim: um monstrinho.

A Maísa Silva com uma echarpe Vogue, bem isso.

Tomei uma decisão importante, é isso: encurtar essa história. Ela tem que ser escrita, isso já tá escrito, é inevitável, a fran’s gotta do what a fran’s gotta do. Mas não quero que ela demore tanto. Magina, ia ser uma trilogia, nesse passo o último volume sairia em 2089, com olheiras e cara de louco. Será uma coisa só, um tantinho mais básica.

E então… e então… rumarei ao próximo. Que espero que tenha a idade que aparenta. Ah, e que tenha um target também.

tá ruim, tá ótimo, tá ruim, tá ótimo, tá ruim, tá ótimo, tá ruim, tá ótimo, tá ruim.

burrice natural

desculpa, não deu. Conheço pessoas que estão envolvidas nesse projeto, eu relutei pra falar por causa disso, mas é mais forte que eu.

vi a campanha desta nova série da HBO, a tal da Encantada, e achei interessante. O que me chamou a atenção foi eles terem usado várias redes sociais nisso, incluindo aí um MSN. Como ex/atual “mídia social”, ainda tenho certo interesse nessa brincadeira, e achei muito legal a idéia de usar o messenger como parte da divulgação.

Na mesma hora em que vi no anúncio, adicionei a Alice no meu MSN, me perguntando “puxa, puxa, será que contrataram um estagiário pra falar em nome da personagem principal?”, “puxa, será que é um daqueles programinhas de inteligência artificial que desenvolve um diálogo legalzinho baseado nas suas perguntas?”

E a resposta às minhas indagações veio:

Franfran diz:
isso é muito ruim, misericórdia.
Alice – Blog atualizado diz:
Quer saber mais sobre Alice? É só digitar uma destas perguntas:

Quem é a Alice?
Quem faz parte do mundo de Alice?
Onde eu posso encontrar Alice?
Aonde Alice vai me levar?
Quem são os pais de Alice?

Ou então, para receber o conteúdo especial de hoje, mande uma mensagem com: “novidade”. Se rolar alguma dúvida, é só digitar: “?”.

Deixa eu ver se entendi: tem um robô no meu messenger, que me dá ordens. Ele vai responder qualquer pergunta que eu fizer. Desde que seja uma das que constam nesta lista.

Então por que eles não fizeram um HOTSITE COM UM FAQ? ou, pra ser assim bem modernos, um “viral” no Youtube em que a personagem responde essas questões numa entrevista?

mais barato e menos sorvetenatesta. prontofalei.