6 anos

Eu ia falar de outra coisa, aí veio o WordPress e me contou que no último dia 22 o Palitos de Fósforo completou 6 anos.

Sim, seis anos. O tempo de alguém nascer, crescer e ficar chato.

Eu olhei e falei “mas imagina, foi em 2007”. Foi quando eu descobri que 2007 existiu há 6 anos atrás.

Podemos levar em consideração que o Palitos ficou sem existir durante cerca de seis meses, uma das fases mais idiotas da minha vida, na qual justamente descobri a importância desse blog pra mim (e a dessa fase idiota descobri um pouco depois). Em 2007, eu estava falando de trabalhos da faculdade, achava que estava perdendo tempo e lamentava o fato de meu livro já ter 6 anos (ah, que bonitinha). Em 2008, o assunto era plágio e inércia, esses vilões amados. Em 2009, descobri que criativo não tira férias, mas consegue organizar seu tempo. Em 2010, eu morri. Em 2011, eu renasci, me questionando sobre qual é o coletivo de epifanias. E em 2012, eu estava de trabalho novo, toda me achando e toda ocupada, coitada.

E hoje eu… gente, hoje eu acredito ainda mais em Deus e nas coisas boas dessa vida criativa. Em 6 anos, coisas mudaram, é claro. Crescimentos profissionais, pessoais <3 <3 <3 (alguém me segura pra não transformar esse blog em um blog sobre casamento!), fases ruins, fases boas. Fases incríveis, como a atual. Hoje eu já poderia escrever uma autobiografia bem bonita, sabia? Pois é. É engraçado chegar nesse ponto (de exclamação).

E fico feliz com uma coisa: meu estilo de escrever pode até ter mudado (a gente cresce, aperfeiçoa… fica chato), mas minha essência criativa é a mesma. E mais: a cada ano que passa ela se confirma. Leio algumas opiniões de 6 anos atrás e concordo com aquela Francine do passado, ingênua, animada, a fim de fazer. A Fran que acreditava e continua acreditando.

Aí vem você e me lembra: rá, já se foram 6 anos e você ainda não terminou seu livro.

E eu declaro: ele está mais perto do fim do que você imagina.

Egotrips à parte, depois disso tudo, acho que hoje é dia de apertar o botão WTF da vida. Né? 6 anos.

wtf-button

E fica aqui o convite para você navegar pelo arquivo do Palitos. É só scrollar até o fim e se deliciar. Vai que vai.

Só é trabalho se você o tratar como tal

Gosto de passar no blog do Seth Godin, vez por outra. Ele tem bastante discurso que se repete, mas para ler de vez em quando vale. Das coisas recentes que vi lá foi essa:

“Se surfar fosse seu trabalho…

Existe o risco do câncer de pele. De quedas. Areia nas meias. Pessoas brigando pelo seu canto da onda. A pressão de melhorar sempre. Os outros caras da praia que não curtem seu estilo. O tédio de fazer a mesma coisa amanhã, quando o tempo estará horrível. E todo dia, de hoje em diante, sem parar.

E onde você iria nas férias?

Seu tédio é o prazer de outra pessoa. Só é um trabalho se você tratá-lo como tal. O privilégio de fazer nosso trabalho, de estar no controle de nossas promessas e das coisas que construímos, isso vale a pena ser cuidado com carinho.”

Original aqui.

tumblr_msyl5uh0wo1rtqolxo1_1280

Ar e luz e tempo e espaço

Não sou muito fã do Bukowski – e muito menos de poesia! – mas esse poema dele sobre criação e parar de dar desculpas me fez feliz. E foi bonitinhamente adaptado para quadrinhos por esse gênio aqui.

AIR AND LIGHT AND TIME AND SPACE

”– you know, I’ve either had a family, a job,
something has always been in the
way
but now
I’ve sold my house, I’ve found this
place, a large studio, you should see the space and
the light.
for the first time in my life I’m going to have
a place and the time to
create.”

no baby, if you’re going to create
you’re going to create whether you work
16 hours a day in a coal mine
or
you’re going to create in a small room with 3 children
while you’re on
welfare,
you’re going to create with part of your mind and your body blown
away,
you’re going to create blind
crippled
demented,
you’re going to create with a cat crawling up your
back while
the whole city trembles in earthquake, bombardment,
flood and fire.

baby, air and light and time and space
have nothing to do with it
and don’t create anything
except maybe a longer life to find
new excuses
for.

 

2012-12-18-bukowski

Eu sei

Eu sei que faz uns par de dias que não atualizo direito aqui. MAS FAZ AINDA MAIS TEMPO QUE NÃO ESCREVO MEU LIVRO. Então, com vossa licença, tenho um livro para escrever pelos próximos 22 minutos (sim, escrever na agência no horário do almoço é produtivo e legal).

🙂

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.