Minhas tardes com Margueritte

Gosto de filmes que contam histórias de amor diferentes. Esse fim de semana terminei de assistir ao Minhas Tardes com Margueritte, uma poesiazinha com piano, pessoas falando francês, muita leitura, uma personagem com meu nome e uma história de amor diferente na França. Ah, a França. : ) A história não é nada demais: é a história de um homem meio abrutalhado pela vida descobrindo, com uma velhinha, os prazeres de se ler um livro. Nada que ninguém tenha contado. Mas é sempre bom ver de novo – e lembrar como saber ler também é um dom. Que como tal, pode operar milagres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.