Mande uma carta e um hoorray à criatividade

Então, meus chuchus, quantas cartas vocês mandaram esse ano? Quando passei uma semana na casa dos meus avós filmando para o documentário (eternamente em fase de edição), vi muitas e muitas cartas, de um tempo em que só se conversava com alguém que morava longe escrevendo à mão, e fiquei encantada. Não é uma coisa romântica, humana, gostosa? Confesso que a preguiça de ir até o correio é maior que qualquer poesia, mas tento tratar meus e-mails como cartas, exercitando minha escrita e mandando lembranças. O ruim é que pouca coisa substitui o contato físico, aquela coisa legal de selos, carimbos, viagem.

Pra deixar essa experiência cartográfica ainda mais bacana, o ilustrador Gary Hunt criou um projeto que estimula a criatividade no envio de cartas. São selos com cabeças de personagens aleatórios, pra você completar o desenho com o corpinho e deixar o seu envelope mais divertido – e com a sua cara. Não é massa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.