Um copo de água?

Foi o que vi numa exposição de arte recente que fui: um copo de água.

Não quero entrar em discussões sobre a significância da arte (“significância” é mais cool que “significado”) e coisa e tal, mas acho que copo de água como arte já teve seu tempo, seu momento e sua função. Naquela exposição não tinha contexto, o que ficou chato e sem alma. E arte legal e com alma tem mil maneiras de acontecer. E melhor: hoje, tem mil maneiras que se multiplicam por outras mil, se combinadas nas quinhentas plataformas que usamos por dia. Pra mim um exemplíssimo disso é uma intervenção que Robin Hewlett e Ben Kinsley fizeram em 2008, com uma simples ligação para o escritório do Google e a participação de pessoas dispostas a divertir: eles encenaram um monte de momentos nonsense para serem flagrados pelo carro do Google Street View. O nome do projeto é Street with a View.

Não deixe de ver as cenas e onde elas aparecem no Street View, e assista aos bastidores:

2 thoughts on “Um copo de água?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.