Rebecando na agência

agência ruim né

Engraçado que semana passada umas 3 pessoas que não se conhecem vieram me falar do Rebecando, a tirinha que eu tinha e que abandonei sem dó. O caso é que elas ficaram datadas e resolvi desencanar. Mas essas pessoas me lembraram que ainda existe uma Rebeca em mim, independente de eu já ter me formado ou não. E ela fica sempre aqui, observando o dia a dia e se inconformando. Esses cartoons meio legais me animaram a ressuscitar a ruivinha de tranças infinitas. Quem sabe eu não faça um Rebecando – na agência.

Quem sabe.

um post em 3 fases

1. tem um blog de uma menina que deve ter a minha idade, que me assusta muito: ela é igualzinha a mim. A diferença é que ela quer ser escritora e luta pra isso. É o altamente recomendado www.mariaink.com.

2. o que me lembra o filme Apenas o Fim, que está me matando muito aos poucos. Além do roteiro ter me lembrado algumas coisas que perdi, ando me corroendo de raiva da minha falta de proatividade. O filme é simpático, e o que mata é que é MUITO FÁCIL fazer um parecido. E eu não fiz porque…

3. o que me lembra que pelo menos estou com um sistema de toda segunda tentar chegar em casa o mais cedo possível, pra escrever meus 3 livros (é, agora são 3!).

deixe-me correr!

um pouco de teoria

Que vergonha eu voltar a atualizar aqui falando difícil, mas esse vídeo que o Sollero me mandou é bem interessante pra quem trabalha com criatividade, propaganda, entretenimento, mídia, ou só gosta de internet e de pensar um pouquinho.

Não consigo embedar o vídeo 🙁 – clica aqui pra ver!

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.