trabalhando pra fora.

às vezes o bloqueio criativo vem de fora. Clique pra ampliar.

Triste, mas é verdade. Às vezes quem faz isso são professores, chefes, clientes ou pessoas desconhecidas, sempre tão prestativas.

Nunca vou me esquecer do meu primeiro chefe oficial, que fazia o estilo do penúltimo quadrinho, era desesperador. Bons tempos. O auge foi quando ele pediu pra eu fechar os olhos de um garoto numa foto, usando o Photoshop.

clientes legais

2 thoughts on “trabalhando pra fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.