antropologia funcional.

Percebi umas coisinhas dias desses.

Que a rotina, sim, trava fácil fácil a imaginação e sua prima, a inspiração.

Que sair da rotina pra fazer coisas inusitadas em lugares novos é bom, senhores.

Mas o que mais funciona pra mim, pelo menos, é andar nos lugares de sempre, só que com pessoas diferentes. Elas sempre surgem com questionamentos e pontos de vista diferentes sobre a mesma coisa.

E eles, ou as combinações dentre eles, ou a combinação deles com seus paradigmas, sempre acabam em conclusões engraçadas. Reparaí.

3 Replies

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.