You have only begun to discover its power.



Chad Vader é o irmão pobre do Darth Vader, cujo dia-a-dia no mercado Império foi documentado por Aaron Yonda e Matt Sloan. Segundo a Bíblia a Wikipedia, a série foi criada para o Channel 101, mas era tão nerd que durou só 2 episódios. Ainda assim eles nao esmoreceram, e e os episódios do Chad Vader fizeram carreira no Youtube, com mais de 5 milhões de acessos.

Essa semana, olha que mágico, a série virou DVD.

Não que seja novidade sair falando o quanto o Youtube é poderoso, e sobre todos esses misteriosos sucessos virtuais que assolam a humanidade de quando em quando… mas só quero registrar: no começo do ano estava lendo um livro de animação da década de 70 e fiquei chocada com a evolução das coisas. A começar pelo jeito de fazer uma animação, que há 35 anos atrás dependia quase que sempre de uma câmera, acetatos, filtros mil e mil desenhos, e que hoje já pode ser construída com um movie maker e um paint porquinhos. E a galera aceita assim mesmo. Porque é trash, porque é legal.

Mais do que a “manufatura”, a “distribuição” agora nos idos de 2007 é inacreditável. Você não precisa de 1 real pra mostrar seu talento pra todos e quaisquer milhões de bocós que tiverem Internet em casa. Quem sonharia com isso?

E a perturbação gratuita de hoje é: tem muita gente perdendo tempo sem começar algum projeto maluco pra entrar, com cara e coragem, no Youtube ou qualquer outro beco internético.

Claro que fácil fazer sucesso não é.

Afinal, o processo de confecção e a distribuição estão super acessíveis, mas o processo de criação, queridão, ainda demora um pouco pra ter alguma solução fácil assim.

Mas tentar é divertido. Nem que seja por uma massagem de ego particular.

[que o digam os blogueiros que ainda estão longe das luzes da ribalta :)]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.